margaridas

margaridas

SER VERTICAL

Ser antes de tudo

o que se quer.

Não parecer o que se não é.

Ser afinal cada qual

quem é.

Ser sempre o que se deve ser.

Vertical.

Inteiro.

De pé.

Maria Emília Costa Moreira

Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

MARGARIDAS À JANELA




(Acrílico e lápis de cera s/ cartolina  50x65)rep

 SEMENTES

O canteiro onde depus
As sementes dos meus versos,
Floriu com a ternura dos meus dedos.
Mesmo quando o astro rei não brilha,
As  anémonas e as margaridas tão singelas
Abrem as suas janelas, sem medos,
Ostentando uma beleza irreal.

Olho com espanto a maravilha
Desse reino de escrita vegetal,
Que em mim produz efeitos de acalmia.
É aqui, que busco na solidão,
Depois de um dia farto
E de exaustivo burburinho:
Paz para o coração
E pão para o caminho.


Rio da Fonte, 20 de Maio 2001

40 comentários:

  1. Você escreve lindo!
    E este trabalho está muito expressivo!

    ResponderEliminar
  2. Brilliant painting and the poem, cheers Maria Emilia.

    ResponderEliminar
  3. É essa paz que emana das flores que dão cor à nossa vida apesar do cinzentismo em que vivemos.

    Uma tela maravilhosa.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. Bela pintura de singelas flores, traduzida num poema inspirado na paz e acalmia que as plantas nos transmitem.
    J

    ResponderEliminar
  5. Singelo e lindo, poético como uma flor.Parabéns.

    ResponderEliminar
  6. Napisałaś tak,że nawet ja zrozumiałem:)Bardzo piękne.Pozdrawiam

    ResponderEliminar
  7. Muy buenos estos últimos trabajos.

    Saludos.

    ResponderEliminar

  8. Olá, Maria Emília

    Pelo que percebi as flores são pintadas por si, não é? São lindíssimas! E aqui temos uma artista com estas duas vertentes, pintar e escrever, escrever e pintar, com tanta sensibilidade que chegam até nós os ecos do espanto e da maravilha que são os seus trabalhos.

    Bom domingo.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  9. Namalowane stokrotki są śliczne, a i treść miła. Pozdrawiam.
    Margaridas pintadas estão contentes, bonito agradável e uniforme. Seu.

    ResponderEliminar
  10. Bonsoir Maria Emilia. Google ne m'a pas sans doute pas donné une traduction parfaite de ton poème mais si j'ai bien compris, c'est entourée de fleurs que tu retrouves la paix et que tu te ressources, même si le soleil n'est pas là. Je le comprends.
    Ton tableau fleuri de marguerites est très beau. j'aime beaucoup.
    Bises pour toi et bonne semaine :-)

    ResponderEliminar
  11. Querida Maria Emilia. Es una pintura muy hermosa donde los colores claros de las flores destacan sobre el fondo oscuro, además la acompañas de un precioso poema ¡Mi enhorabuena!
    Un abrazo. Sonia.

    ResponderEliminar
  12. E " mesmo quando o astro rei não brilha", temos que ser capazes de colorir flores, mesmo das mais singelas, como bem o soubeste fazer nesta tela; usaste acrílico...lápis de cera, deixando de fora a cartolina; assim podemos fazer com a tela da vida...pintá-la com o o que de mais belo encontrarmos no nosso dia a dia...usando os materiais e cores que melhor soubermos usar. Podemos sempre ver raios de sol brilhando por entre os pingos de fortes chuvadas. Parabéns, Emília pela bela pintura e palavras maravilhosas. Fica bem, amiga e que o ano de 2013 te traga muitos momentos felizes, cheios de cor. Um beijinho muito especial
    Emília

    ResponderEliminar
  13. Margaridas à janela e margaridas no coração.
    Muito sensível!!!

    Bom dia!
    Uma segunda-feira cheiinha de paz.
    Beijinhos do Brasil.
    ¸.•°♡♡✿ °•.¸

    ResponderEliminar
  14. Um abraço para todos os que me visitam e deixam um comentário. Aprecio a vossa companhia e agradeço.
    Voltem sempre.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  15. Mutia sensibilidade em seus versos e suas imagens. Obrigada por nos permitir compartilhar seus sentimentos. Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Olá Maria Emilia, a poesia que te habita transborda, parabéns por teus lindos versos e bela pintura.
    Obrigada pela visita.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  17. O quadro e o poema completam-se.
    A beleza reparte-se em cada dia e em cada linha que se escreve, se pinta ou se desenha.

    Parabéns

    ResponderEliminar
  18. Hola Maria Emilia, es una pintura preciosa, con mucha energía, me gusta muchísimo.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  19. Deliciosos colores en estas flores. Exquisito poema.

    ResponderEliminar
  20. Para todos o meu abraço amigo. Agradeço os vossos comentários. Até sempre!
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  21. Excelente tela acompanhado de belo poema....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  22. As margaridas sempre falam ao coração, principalmente numa linda pintura poética como essa.
    Abração.

    ResponderEliminar
  23. Minha querida amiga e poetisa Maria Emília !

    Muito me honrou a sua visita e carinho para comigo e meus trabalhos. Obrigado. Seu Blog. é maravilhoso em todos os sentidos. Está de parabéns! Já sou seu seguidor.
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO - 17/01/2013

    "Poesias do Poeta Cigano".


    http://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  24. Tu imaginación y cultuta fotográfica superan en mucho a la de éste viejo fotógrafo.
    Abrazos

    ResponderEliminar
  25. Obrigada pela visita, antigos e mais recentes amigos!
    É um grande prazer ler os vossos comentários. São sempre bem vindos.
    Abraços da Maria Emília.

    ResponderEliminar
  26. Olá, Maria Emília
    Este seu poema transmite (pelo menos a mim) uma tranquilidade enorme.
    "Paz para o coração, e pão para o caminho" - de que mais necessitamos nós? São os bens essenciais para a construção da felicidade.
    As margaridas são uma delícia.
    Parabéns pelas duas obras...

    Bom fim-de-semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Minha querida

    Realmente a poesia sai dos seus dedos não só em palavras mas na pintura.Para mim a pintura é uma forma de poesia também...Adorei como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  28. Las margaritas son mis flores favoritas. Te ha quedado precioso el cuadro. Un calido abrazo

    ResponderEliminar
  29. A singeleza das margaridas na beleza da poesia
    E me vou com pão para o caminho
    Bjis

    ResponderEliminar
  30. A saudade é a maior prova do que o passado valeu a pena nossa grande amizade
    e o tempo vai passando os laços se tornam cada dia maior.
    Agradeço por estar presente nos bons e nos maus momentos.
    Aqui passei os melhores 7 anos de minha vida, fiz amigos, muitos dos quais,
    me acompanharão para sempre.
    Por isso tenho que comemorar a vida sempre.
    Devo esquecer aqueles que me impuseram obstáculos infundados e agradecer àqueles que me impulsionaram adiante.
    É hora, mais do que nunca, de valorizar as amizades e os conhecimentos adquiridos aqui.
    Esse é um momento especial! É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei.
    Sem dúvida, muitas tristezas e conflitos mas, felizmente, por inúmeros bons momentos,
    de alegria, de vitórias e de amizade sem Fim.
    Esta tudo em paz estou voltando aos poucos
    meu carinho por é muito grande você sua amizade me da a coragem
    que preciso para continuar
    lutando vivendo sorrindo e amando.
    Um feliz final de semana beijos na sua alma,Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Evanir!
      Obrigada pelo seu belo depoimento de vida e amizade! Todos nós temos nesta passagem, encontros bons e que nos marcam de forma muito agradável, outros encontros são pouco benéficos e deixam-nos mágoas profundas.
      Há que seguir em frente de cabeça erguida. Você é uma pessoa corajosa e especial.
      Um abraço.
      Maria Emília

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  31. Para todos um resto de sábado e um domingo feliz!
    Beijos.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  32. desenho e um poema para complementar um ao outro. muito bom o seu trabalho.respeito

    ResponderEliminar
  33. Favolosa interpretazione di margherite, belle e colorate. mi piace moltissimo anche lo sfondo ! Abbraccio e buona domenica.

    ResponderEliminar
  34. Tu sais que les marguerites lorsqu'on les effeuille servent aux déclarations d'amour. Ton choix est donc le bon car le monde en ce moment a besoin d'amour et non de guerre.
    Superbe création aux marguerites sur fond noir. J'aime.
    Belle soirée
    Amicalement.
    Roger

    ResponderEliminar
  35. Olá Maria Emília,belíssimo poema! Muito lindo seu trabalho, margaridas feito com lápis de cera!!
    Bjs
    Amara

    ResponderEliminar
  36. Muito obrigada pela vossa amável vista ao meu espaço!
    Fico deliciada a ler os comentários que vão surgindo...
    O meu abraço para todos. Boa semana.
    Voltem sempre.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  37. Que belleza de trabajo que has echo tanto en escritura como pintando,envidia sana es lo que siento ante tanto arte. que todo vaya bien con tu casa.Bikiños

    ResponderEliminar
  38. Au Brésil, je me débrouillais avec le peu d'espagnol que je pouvais *baragouiner*. Une personne m'a même dit que je parlais très bien le portugais. Elle ne s'était même pas rendue compte que je parlais espagnol. le comble !
    Bonne journée !

    ResponderEliminar