margaridas

margaridas

SER VERTICAL

Ser antes de tudo

o que se quer.

Não parecer o que se não é.

Ser afinal cada qual

quem é.

Ser sempre o que se deve ser.

Vertical.

Inteiro.

De pé.

Maria Emília Costa Moreira

Seguidores

sábado, 14 de setembro de 2013

ARTE NO ESPAÇO




( acrílico s/ cartolina 50x70)

E para continuar no "espaço" deixo-vos três fotos da lua e um poemazito insignificante...para ver se ganho ânimo e coragem para continuar com os blogs. A todos os amigos, agradeço as visitas e comentários. Espero começar a visitar-vos, embora lentamente...

POEMETO À LUA


Ando a espreitar a lua
noite adentro.
Redonda, clara e nua
vem descendo lentamente…

e a corda ali tão perto
a atravessar a rua!

A noite um pouco sombria
tornou-se alva, brilhante!
E a lua equilibrista
dança, rebola, assim roliça,
faz lembrar uma mestiça
na arte de encantar!

Eu, que a ando a espreitar,
por certo não terei jeito
de fugir ao seu feitiço
e, fico presa…a cismar!







74 comentários:

  1. Gostei das imagens e do poema e desejo tudo de bom pra ti, que fiques bem, mais animada e que fiques nos blogs. Gostamos de ti! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Também gostei do poema e também torço para você ficar! Quem sabe apenas um blog? Eu tenho só um e já acho tão difícil mantê-lo, dois eu não daria conta mesmo! Vou sentir sua falta, Maria Emilia! Beijos, querida, fique bem

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anamaria!
      Obrigada pela força, minha amiga. Eliminei o comentário por estar repetido. Não leve a mal.

      Eliminar
  4. Oi mEmília
    Bom voltar a tua casa!
    também estava ausente e quando ausentamos por alguns momentos desanimamos ,mas essa corrente de bem-querer não deve ser desfeita _ é daqui que extraimos parte de um dia menos monotóno e rotineiro,principalmente voce que escreve tão lindamente,
    please! se anime kirida_ faça tudo mais lentamente mas faça! ok ?
    ...'ando também a espreitar a lua ' rsrs não voltei tão inspirada como tu. rs
    mas voltei ! te espero.
    bom domingo com abraços

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Lis!
      Agradeço o carinhoso comentário. Eliminei o 2º por ser repetido. Não se aborreça comigo. Será que há algo de errado com o meu blog?
      Beijos.

      Eliminar
  6. Bemvinda Ma. Emilia, uma alegria ver voce otra vez, querida.
    Arte, poesia, lua radiante... tudo de bom e muito exquisito, fique nos blogs, sao um prazer com cheiro de beleza e calidez. Abraco grande, inspirada e inspiradora amiga!

    ResponderEliminar
  7. Luna equilibrista! que lindo Maria Emilia...me alegro que has vuelto y espero que estes muy bien! beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Esas tres fotos de la luna llena con esa barra inclinada me han recordado la estética de algunos excelentes trabajos del pintor peruano Eugenio Raborg Brou. Un abrazo,

    ResponderEliminar

  9. Mª Emília,

    de nada adianta cismar, quando muito, olhando a lua, apetece sonhar :)

    beijinho
    Alex

    ResponderEliminar
  10. °º✿♫
    °º✿ Olá!
    º° ✿✿
    Arte no espaço, arte na lua, arte na poesia.
    Boa semana!
    Beijinhos do Brasil.
    ♫° ·.¸.•°♡♡♫° ·.

    ResponderEliminar
  11. Querida Maria Emília
    Que belas fotografias da lua!
    Que bela pintura!
    É uma artista completa.
    Esperemos que volte para ficar.faz-nos muita falta,amiga.
    Tenha um excelente domingo.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz!
      Obrigada pela visita e comentários. Antes de responder aqui fui ao seu blog, só não me entendo nesse novo modelo e não consegui comentar nada. Um abraço amigo.

      Eliminar
  12. Belíssimo poema legendando tão soberba tela.

    Parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Lindas fotos. O "poemazito", como diz, não é insignificante: pelo contrário, significa muito, leva a refletir: a beleza nos prende, nos envolve, nos faz cativo. Queremos mais e mais...
    Outro dia, tivemos um fenômeno interessante: a lua encobriu Vênus! Um eclipse de Vênus? foram lindas também as imagens da lua crescente e Vênus, esplendorosa. Boa semana, beijos do Brasil.

    ResponderEliminar
  14. Maria Emília, fiquei encantada com tudo,amei a pintura,fotos e o lindo poema!
    Amiga não desanime,fica bem!
    Beijos
    Amara

    ResponderEliminar
  15. Tudo com muito significado e bonito.

    Boa semana.

    Bjs.

    ResponderEliminar

  16. Buenas obras estas últimas que veo por aquí, muy buena esa "miscelánea".

    Saludos.

    ResponderEliminar
  17. OI MARIA EMILIA!
    COM ESTA LUA COMO INSPIRAÇÃO, SÓ PODIA SAIR ALGO MUITO BONITO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

  18. Olá Maria Emília,

    Que maravilha estas capturas da lua! Belas imagens!
    O quadro em acrílico é lindo e vibrante. Adorei.
    O poema é encantador.
    Apesar de você alegar desânimo fez uma bela blogada.
    Ânimo aí, querida. Logo você entra no embalo novamente.
    Tudo de bom.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  19. Belamente capturado, maravilhosas obras de arte com a lua! Abrazos!

    ResponderEliminar
  20. Hola Maria!
    Estoy tan contenta de que recuerdes y visité a mi blog.
    El poema es imágenes bellas y únicas.
    Les mando besos y saludos.
    Lucia

    ResponderEliminar
  21. Que coisa linda essa poesia,Maria Emilia!Fico contente que está um pouco melhor de saude e espero que continue postando nos blogs,porque suas poesias são maravilhosas,eu adoro!Bjs,

    ResponderEliminar
  22. Olá, Maria Emília!

    Como está? Já sei, com falta de ânimo para continuar com o seu blogue.

    Passamos todos por essa fase, mas depois, arrebitamos.

    Embora tenha feito na Faculdade dois anos de "História da Arte", entendo muito, muito pouco da matéria.

    Não a sei entender, é isso. Estive a analisar a sua pintura, e não cheguei a nenhuma conclusão, Quanto às fotos da Lua, sim, gostei, porque sei o que lá está.

    Mas do que eu mais gostei, foi do seu poemazito (ora, muito bem. Este diminutivo não existe na Língua Portuguesa, portanto, poemazão, "assenta-lhe que nem uma luva"), a que chamou, insignificante.

    A Maria Emília é muito mal agradecida ao seu talento. Aliás, os artistas, são todos assim.

    A lua, aquela feiticeira, faz malabarismos, que as nossas mentes não entendem.
    A metáfora que estabeleceu entre ela e uma mestiça, que abana, NATURAL E BIOLOGICAMENTE, as ancas, não dá para explicar, nem perceber.

    O QUE ESCREVEU FOI, SIMPLESMENTE, "ARTIGO" DE LUXO.

    Boa semana.

    Beijos da Luz.

    Luzes e Luares. Obrigada!

    ResponderEliminar
  23. E não poderia começar melhor .Uma obra de arte das suassempre geniais com aquele colorido que se contrapõe ao da lua. Mais arrebatador, mas mais cismado.
    A poesia é das belas á lua companheira e quantas vezes "mentideira"!
    E seja bem vinda Maria Emília. É precisa a sua força, o seu talento para dar vida a esta vida que anda em vadiagem constante!
    Muitos beijinhos!

    ResponderEliminar
  24. El arte,la poesia,el saber estar,son cosas fundamentales en el enrequicimieto de las personas

    ResponderEliminar
  25. Eu sem cisma sei que a poesia voltou e fez pousada na sua janela amiga.
    Seja bem vinda com toda sua magia e encanto de palavras.
    Bom ver voce.
    Linda semana e meu abraço carinhoso.
    Bjo de paz e luz amiga.

    ResponderEliminar
  26. Olá, Emília!

    Não com o propósito de não destoar de quem antes de mim se pronunciou, o que acrescento só pode ser mais um elogio.Ao talento da artista que conseguiu pôr a lua a fazer um número de circo, num arame que atravessa a rua.

    E se o firmamento fosse povoado por arte como a sua, que bom que seria, em vez de todo aquele lixo que por lá orbita - e que dia destes ainda nos vai cair na cabeça...

    E quanto a desistir, não cisme com isso; sabe-nos lindamente a sua companhia.
    Um abraço amigo, e veja se arrebita.
    Vitor

    ResponderEliminar
  27. Boa noite a todos!
    Fico feliz com a vossa presença amiga e sempre encorajadora. Tantos elogios!!!
    Espero que não me dê para "inchar" de tal forma que ainda rebento de vaidade!!!
    Obrigada e o meu abraço. Voltem sempre.
    M. Emília

    ResponderEliminar
  28. Lindas imagens dessa companheira silenciosa que nos fita do alto e nos encanta. Seu poema ficou belo e a tela, como as demais, show.
    Como disse em seu outro blog, venha aos pouquinhos, marcar presença em seu espaço. Ele é ótimo e faz bem mostrar os trabalhos aos amigos. É um prazer vê-los. Bjs.

    ResponderEliminar
  29. Bom dia Maria.. a alguns dias falei da majestosa.. ela sempre nos encanta.. mas falei bem suave pois estou a fazer poesias infantis e já encaixei ela dentro.. um lindo dia e grato pela sua gentil visita até sempre bjs

    ResponderEliminar
  30. Querida Emília

    Um post feito com amor e talento. Adorei as suas palavras, as imagens que aqui nos deixou. A Lua, apesar de todo o progresso científico, faz-nos sempre sonhar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  31. Gostei. Da pintura e dos poemas. E da sua volta.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  32. Lindo poema para uma lua fabulosa que hoje está!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  33. Un lavoro stupendo, creativo ed allegro, mi piace moltissimo ! Purtroppo , a causa della lingua non riesco a capire fino in fondo la poesia. Abbraccio.

    ResponderEliminar
  34. A Maria Emília, tem a arte de encantar...desde a pintura à poesia. Espero que a volta seja para breve...

    Um abraço

    Sónia

    ResponderEliminar
  35. Boa noite e o meu abraço amigo para todos vós. Sinto-me lisonjeada com comentários tão calorosos e amáveis. Obrigada. Vou procurar visitar-vos e apreciar os vossos trabalhos.
    Um abraço .
    M. Emília

    ResponderEliminar
  36. Tenho andado ausente infelizmente
    mais de alguma forma lutando.
    Eu sei , que no mundo teremos grandes aflições
    com fé e muita garra vou seguindo com grande luta
    minha viagem.
    Deus abençoe seu Domingo
    e da sua família.
    Beijos no coração , Evanir.

    ResponderEliminar
  37. Wow, that painting is absolutely beautiful, and three moons are amazing.

    ResponderEliminar
  38. As fotos estão um espanto!!

    O poema? Também me agradou, rrss

    Boa semana

    ResponderEliminar
  39. Gostei do poema e das fotos.
    Contunua a espreitar a lua, porque já vi que isso te faz escrever bons poemas.
    Maria Emília, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  40. Ah, que lua tão bonita! E, que belas palavras a acompanham :)

    ResponderEliminar
  41. Hello Maria Emilia:) Your painting is beautiful and very original. I love the tubes and the little fellow in the space. Great job! I want to thank you for your kind comment on my blog. Your comment made me feel better. Thank you so much. Big hug for you!

    ResponderEliminar
  42. Gostei mas quero acima de tudo desejar as suas melhoras.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  43. Maria Emília,
    A Lua, entre muitas outras coisas também é lição. Pode esgueirar-se, mas acaba sempre por aparecer no seu posto.
    (Não desista dos seus blogues, nem que poste mais pausadamente)

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  44. Vuelves con fuerza y con unas bellas fotografías.
    Un gran abrazo

    ResponderEliminar
  45. O meu abraço a todos quantos me visitaram e deixaram palavras de apoio e amizade. Fazem-me bem ao ego.Obrigada!
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  46. Minha querida

    A lua é sempre amante dos poetas e a tua lua e poema têm fios de alvorada.
    Desejo as melhoras.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  47. Querida Amiga,
    Poesia, fotografia e pintura!
    Lindas demais!
    A lua fascina a todos nós, que gostamos das palavras!
    Seja muito feliz!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  48. Sabe, também apreciei o outro seu blog!

    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  49. Maria Emilia!

    Quero agradecer de coração, a visita ao meu blogue.

    Vim conhecê-la! E deparo-me com dois espaços maravilhosos onde se sublimam vários tipos de Arte.
    No outro espaço, não consegui deixar comentário, apesar de achar lindas todas as peças que nos dá a conhecer, e a homenagem que faz às mãos de sua mãe querida.

    Agora aqui, neste espaço, ao qual me vou adicionar...mais uma vez lhe dou os Parabéns, pela Poesia que o seu coração dita, pela que seus olhos vêem e pela que as suas mãos retratam...
    A verticalidade é o que nos torna humanos, só sendo vertical, se alcança o brilho e a dança dos Astros...

    Beijinho terno e que tudo corra bem com a sua saúde!

    ResponderEliminar
  50. Maria Emilia!

    Quero agradecer de coração, a visita ao meu blogue.

    Vim conhecê-la! E deparo-me com dois espaços maravilhosos onde se sublimam vários tipos de Arte.
    No outro espaço, não consegui deixar comentário, apesar de achar lindas todas as peças que nos dá a conhecer, e a homenagem que faz às mãos de sua mãe querida.

    Agora aqui, neste espaço, ao qual me vou adicionar...mais uma vez lhe dou os Parabéns, pela Poesia que o seu coração dita, pela que seus olhos vêem e pela que as suas mãos retratam...
    A verticalidade é o que nos torna humanos, só sendo vertical, se alcança o brilho e a dança dos Astros...

    Beijinho terno e que tudo corra bem com a sua saúde!

    ResponderEliminar
  51. Olá, Maria Emília
    Deixa-me começar por expressar a minha tristeza por não te encontrares com tanta saúde como seria desejável.
    Tem cuidado contigo, trata-te como deves (e mereces) e vais ver que recuperas rapidamente.
    Minha querida, no princípio do ano estive com uma infecção pulmonar (cheguei a estar com oxigénio) de cuja gravidade só me apercebi quando o médico me declarou: pronto, agora está livre de perigo!
    E hoje, felizmente, sinto-me perfeitamente bem. Gozei as minhas férias como pudeste ver nas fotos. Portanto... em breve também vais estar bem.

    Gostei do teu "poemeto" como, modestamente, lhe chamas.
    E adorei as fotos. Não te importas que as leve para mostrar a uma amiga que é grande apreciadora? Ela não as usará, aliás não tem blog.
    Estão lidíssimas. Eu adoro olhar para a lua, e faço-o todas as noites (às vezes não consigo vê-la e fico triste...)

    Minha querida, voltarei sempre que possível, pelo menos para saber da tua saúde.
    Deixo-te um beijinho muito Grande com carinho.
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Mariazita!
      Obrigada pelo comentário. É um prazer enorme a tua presença. Agradeço também o cuidado com a minha falta de saúde. Realmente estou a passar um momento menos bom e que já dura há demasiado tempo.Aguardo dias melhores ...as palavras de amizade ajudam a recuperar algum ânimo. Podes levar à vontade as fotos, o poema...
      Um grande abraço e muita saúde e alegria de viver.
      M. Emíli

      Eliminar
  52. Querida, só agora vi o tanto que escrevi!!!
    E acabei por não dizer tudo :)
    Um referência à tua pintura:
    Gostei muito da forma como expressas a falta de gravidade no espaço.
    Está impecável!
    + 1 beijito

    ResponderEliminar
  53. Olá amiga,
    Seja bem vinda!
    Belas imagens! A lua linda e inspiradora, sempre me fascina!
    Beijos e muita luz!

    ResponderEliminar
  54. Olá, M.Emilia, cá estou admirando seu poema! A lua... sempre a lua com seus mistérios e encantos que inspiram poetas! E que fotos!!
    Grande abraço e desejo suas melhoras!

    ResponderEliminar
  55. Obrigada, querida.
    Vou enviá-las à minha amiga, que, tenho a certeza, vai gostar muito.
    Tal como eu... é apaixonada pela lua.
    Fico torcendo pelas tua recuperação rápida e completa.
    Beijinho com carinho
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderEliminar
  56. Olá Maria Emília,

    Como já passei por aqui, deixo-lhe meu abraço e votos para que se restabeleça prontamente.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  57. Oi Maria Emilia,
    A lua, com seus mistérios, contagia, inspira, e seduz.
    Estimo sua melhora.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  58. Olá M.Emilia,
    O tempo no espaço..e fazer bom uso dele :-)) com as tuas artes! Fantástico! Um grande abraço.

    Linda

    ResponderEliminar
  59. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  60. Olá !
    Muito me honra a vossa presença e amizade.
    Um abraço para todos.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  61. Olá Maria Emília; gostei das fotografias e do poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  62. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  63. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  64. Também a lua te espreita!
    Beijo, Maria Emília!

    ResponderEliminar
  65. Não sei o que se passa com o meu blog. Aparecem tantos comentários repetidos...alguns 3 vezes!!!Tenho eliminado apenas as repetições. Não quero ferir ninguém, pois aprecio imenso as vossas visitas. Obrigada pela compreensão.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  66. Olá Maria Emília, vim agradecer sua visita e comentário.
    Cordial abraço, saúde e paz.

    ResponderEliminar
  67. Olá Maria Emília,

    A magia da lua inscrita no teu belo poema!

    Gostei muito deste teu espaço de arte e muito grata pela tua

    gentil visita ao meu espaço e generosas palavras.

    Desejo que volte a postar sempre e aqui eu voltarei...

    Muita luz, saúde e harmonia!!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  68. Olá!Bom dia
    Maria Emilia
    ...lindas imagens da lua, adorei o quadro de acrílico arte no espaço, e o "poemeto" encantador...
    ... a lua e seu feitiço e com seus mistérios, contagia e inspira...
    por vezes, também, me "cisma", as suas sobrancelhas vincadas, que expõe uma face tomada de dúvidas , mas quando está com sua cara cheia é tão mais inspiradora que tanto comove e emociona, que enche-nos com toda sua graça e sua luz...
    Espero que JÁ esteja tudo resolvido da melhor maneira e que continue, sempre ao seu tempo, à nos fazer companhia...
    Agradeço pelo carinho da visita e palavras em meu blog
    Belo final de semana
    Beijos

    ResponderEliminar
  69. Lindo este poema! Estou a te seguir, excelente poetisa. Marco Rocca.

    ResponderEliminar
  70. Sabe, Maria Emília, duas imagens imediatamente se formaram diante de mim: os jovens malabaristas com seus malabares e as bolas coloridas, demonstrando uma habilidade em lidar não apenas com as dificuldades da vida, mas no manejo da arte; a imagem seguinte foram os hashis.
    E a seguir fiquei pensando comigo mesma, mas quem consegue resistir ao feitiço da lua?

    Abraço!

    ;))

    ResponderEliminar