margaridas

margaridas

SER VERTICAL

Ser antes de tudo

o que se quer.

Não parecer o que se não é.

Ser afinal cada qual

quem é.

Ser sempre o que se deve ser.

Vertical.

Inteiro.

De pé.

Maria Emília Costa Moreira

Seguidores

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

OLHOS D' ÁGUA



Andava como um navio
bailando em maré viva,
e fitava altivo o azul
num jeito tão firme de olhar…
Por vezes mudava o cor desse fitar,
ora em azul de mar e céu
ora em cinza de tempestade.

Cresceram-lhe pestanas de musgo,
de tantas lágrimas vertidas
nas muitas despedidas.
Do sorriso vermelho,
trémulo e doce como ambrósia,
ia aspergindo um perfume
de flores do campo ligado à maresia.

Poisaram-se-lhe açucenas nos cabelos
e o vento desprendia-os em fio.
Até que o corpo em balanço
se inclinava à terra,
sulcado por sóis e por luas
e crestado no mar salgado do destino,
agora longe de sereias…seminuas.

 In  À Rédea Solta - edium editores  (rep.)


46 comentários:

  1. Boa noite, amiga!
    ovras increibles, delicadeza, beleza... azul nostalgico de mar, palvras hermosas como perolas no ar!
    Cada vez melhor, Emilia. Abraco a voce.

    ResponderEliminar
  2. O belo olhar poético que nos guia no encanto

    dessa viagem marítima...

    Belos os quadros como imagens harmoniosas

    com o poema,parabéns pelos talentos!

    Uma semana luminosa!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Emília, belíssimos trabalhos.
    um poema cheio de encanto,mergulhei nesse azul do mar! Belo...
    Bjs
    Amara

    ResponderEliminar
  4. As pinturas coordenam-se com os versos deste poema lindíssimo.
    A nossa vida é realmente um travessia oceânica. As tempestades são comuns. A força e a fé nos ajudam a aportar com seguraança.

    ResponderEliminar
  5. Que telas maravilhosas.

    Senti-me embalada pelos versos do teu poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Prefiro o azul de mar calmo e céu limpo, sem lágrimas ...

    Belíssimas telas.


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Querida Maria Emilia,
    Lindo demais!
    Poesia com nuances da alma feminina!
    Delicada descrição de cenas suaves e fortes! Muito bem representada
    por esse lindo mar azul que retrataste!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  8. Querida Maria emília
    Os quadros são lindos! O poema também! Não sei se adaptou os quadros ao poema ou vice-versa.O que sei é que há uma grande sintonia entre ambos.muitos parabéns.Que grande artista! Tão completa!
    Tenha uma óptima 3ª feira.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz!
      Obrigada por me visitar.
      Respondendo à questão: geralmente tenho o poema e depois procuro as imagens, mas também faço o contrário e acho que o resultado final é de qualidade inferior.
      Beijos. da M. Emília

      Eliminar
  9. Nooooooossa, como é grande a tua inspiração! Maravilha! beijos,chica

    ResponderEliminar
  10. Toda a postagem está maravilhosa. As telas e o poema são lindos. Parabéns.
    bjkas doces

    ResponderEliminar
  11. O mar foi a fonte de inspiração dessas belas obras de arte e ao mesmo tempo de um poema maravilhoso que nos desperta vontade de entrar por esse mar adentro e descobrir os seus segredos.
    Abrs
    J

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pelos vossos comentários tão amáveis.
    Deixo um esclarecimento: as imagens são fotos minhas transformadas e tratadas no computador. Sempre que apresento aguarelas, acrílicos, óleos, pastel ou desenhos meus vai no canto inferior direito a técnica , o suporte e as medidas da obra.
    Um abraço.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  13. Kocham morze, więc i wspaniałe obrazy oraz wiersz. Pozdrawiam ciepło.
    Eu amo o mar, para que as imagens impressionantes e um poema. Muitas felicidades.

    ResponderEliminar
  14. Olá, Emília!

    Gostei muito de navegar neste mar, ora de azeite, ora encapelado; e também do azul do céu, já que o cinzento é sinónimo de tempestade.
    E também daqui saio com saudade - dos tempos em que andei embarcado...

    Muito bonitos poema e telas; parabéns!

    Um abraço
    Vitor

    ResponderEliminar
  15. Belíssimas imagens, como "pestanas de musgo", por exemplo.

    As ilustrações casam na perfeição com o poema

    Bom resto de dia, mais luminoso do que aqui

    ResponderEliminar
  16. Imagens e poema.
    Colírio para os olhos, doce embalar de alma.
    A sua sensibilidade só pode ser azul, a cor do Belo, do Êxtase.
    Obrigada sempre Mª Emília.
    Terno abraço

    ResponderEliminar
  17. Todo o poema me encantou, com algumas soluções bastante felizes. Um exemplo: "Cresceram-lhe pestanas de musgo,/ de tantas lágrimas vertidas"

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  18. Due immagini bellissimi e molto suggestivi, splendida creatività ! Abbraccio.

    ResponderEliminar
  19. Em toda minha vida percorri um caminho...
    não sei se é longo ou curto,
    mas o que importa são as
    pessoas que conheci
    e marcaram meu coração.
    Na minha vida dei carinho e amor
    para aquelas pessoas especiais,
    como você que é uma pessoa
    especial minha vida.
    Deus fez o mundo, espalhou por
    ele pessoas maravilhosas,
    e nos deu a missão de encontra-las,
    cumpri a minha encontrei você.
    Um abençoado final de semana
    Deus abençoe você hoje e sempre.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  20. Bom dia, Maria Emília
    Verdadeiramente encantada com as imagens; fotos? - pois que sejam, mas devidamente tratadas parecem pinturas, e o resultado final LINDO!

    Gostei muito do poema. Fala do mar, das sereias, de navios (até da doce ambrosia...) - todos os ingredientes que considero excelentes.
    Parabéns, minha querida, pela sua arte. (suaS arteS...)

    Óptimo fim-de-semana
    Beijinhos

    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderEliminar
  21. Uma composição bonita! Poesia maravilhosa, ótimo!

    ResponderEliminar
  22. Quando tu vens por aqui trazes poemas lindos emotivos cheios de sentimentos que eu adoro MEmilia,
    quem me dera! ser boa nos versos e usar as palavras de forma tão bela,
    parabéns e deixo meu abraço

    ResponderEliminar
  23. Obrigada pela visita e comentários. Sabem que fico contente.
    Voltem sempre amigas/os!
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  24. Querida Maria Emilia. Te felicito por tu excelente muestra de creatividad, los azules son hermosos al igual que tu poesía, compaginas todo muy bien :)
    Un cariñoso abrazo y feliz domingo.
    Sonia.

    ResponderEliminar
  25. Es precioso María Emilia, tus palabras son pura emoción.

    Un beso amiga

    ResponderEliminar
  26. Olá Maria Emília, um poema azul muito belo, tão belo como as suas telas maravilhosas que o envolvem. Lindissimo instante poético, Um beijinho Ailime

    ResponderEliminar
  27. Olá, Maria Emília

    Como está?

    Como não gosto do mar, não consigo, nem poeticamente, ver nada com olhos d' água, mas o seu poema enche-me bem o olhar, que prefiro verde.

    Escreve bem, já muita gente lhe disse, aliás, escreve o que sente e tem "regras" na escrita.

    Escrever, muita gente escreve, mas a métrica do poema, as estrofes e a última palavra de cada verso, convém que seja uma palavra grave, nem todos sabem.

    O seu poema é uma mistura de natureza com os seus sentires, a que se acrescenta o seu talento, e essa de: "Poisaram-se-lhe açucenas na cabeça" é de mestra, mas não das de agora, essas dos mestrados dos atuais cursos, é das outras, das que sabem do que falam e do que escrevem.

    Não falo de telas, porque apesar de ter feito dois anos de História da Arte, só sei distinguir, e só às vezes, o Românico do Gótico, ou este do Barroco.

    Boa semana.

    Beijos, com estima.

    Luzes e Luares. Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite Luz!
      Quem agradece sou eu! A imensa paciência em ler e comentar aquilo que eu vou escrevendo e publicando. Mais, noto que há aqui uma leitora muito atenta a todos os pormenores e que sabe do que fala. Espero, em breve, deliciar-me com as poesias e imagens de Luzes e Luares! Um carinhoso abraço.
      M. Emília

      Eliminar
  28. Mais tarde ou mais cedo, tudo se inclina para a terra...
    É a lei da vida, da qual não conseguimos fugir.
    Magnífico poema, gostei imenso das truas palavras.
    Maria Emília, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  29. ...O azul dos olhos transbordou e criou um mar e um céu para nos encantar. Senti-me sereia, a cantar entre tantas metáforas que saltam do poema!

    Um abraço!

    ;))

    ResponderEliminar
  30. Dear Maria Emilia:) Sometimes for me it is difficult to understand because of the language. I think I understood most of it and it is a beautiful poem! Hugs:)xx

    ResponderEliminar
  31. Desejo a você uma semana de paz e realizaçãoes
    semeia amor e carinho no decorrer dessa semana
    verá a diferença em sua vida.
    È agradavel sermos benevolente com nossa familia
    amigos afinal somos todos irmãos.
    Podemos escolher entre o bem e o mal
    tudo depende de nós.
    Eu já deixai tantas mensagens semeando amor
    por onde passei nem por isso recebi de todos
    os frutos das sementes que plantei.
    Uns leram guardaram no fundo do coração
    por outros passei despercebida.
    Uma certeza eu tenho não passei
    despercebida aos olhos de quem
    tem amizade verdadeira e muito menos
    passei despercebida aos olhos do Pai.
    Podemos escolher o que semear ,
    mas somos obrigados a colher
    aquilo que semeamos.
    Plantemos amor colheremos fatalmente
    a sonhada felicidade.
    Uma abençoada semana de me suas mãos me ajuda a caminhar
    o resto é o nada diante de Deus.
    Paz e luz , Evanir.


    ResponderEliminar
  32. Grata e feliz pela vossa visita!
    Boa semana. Um grande abraço.
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  33. Olá Maria Emília,

    O poema é lindo, assim como as imagens belamente trabalhadas em tons magníficos de azul. Nada mais belo e inspirador do que o mar e o céu, que encantam as vistas e a alma.

    Ótimos dias.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  34. Bonjour Maria Emilia. Il y a longtemps que je en suis pas venue voir tes pages alors que tu as la gentillesse de me rendre visite régulièrement. Merci à toi.
    J'aime beaucoup les bleus de tes tableaux. Il y a beaucoup de mystère dans tes créations. Hélas, je n'ai pas bien compris le texte car "Google traduction" a des limites.
    Par contre je viens d'aller me promener sur ton autre blog et j'ai découvert que tu as des doigts de fée. Tes napperons au crochet sont magnifiques et j'aime beaucoup le châle (réalisé au point d'ananas si je ne me trompe). Un grand bravo pour toi et de gros bisous.

    ResponderEliminar
  35. Absolutely beautiful painting and fantastic poem, you're a genius.

    ResponderEliminar
  36. Olá, boa tarde.

    Não te esqueça, o Sol, é reluzente para todos nós.
    Por isso, não deixe de ocupar um espaço que é somente seu.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  37. ¸.•°✿✿°•.¸

    ░Ӈ░ƛ░Ƥ░Ƥ░Ƴ░
    ░Ӈ░ƛ░L░L░O░W░E░E░N░

    ¸.•°✿✿°•.¸

    ResponderEliminar
  38. Heips
    I love your images !
    Happy first day of November.
    hug

    ResponderEliminar
  39. O céu e mar são sempre inspiradores de bela poesia, seja ela em palavras...em imagens ou em pinturas. Em tudo se pode fazer bela poesia e as que aqui encontramos são sempre maravilhosas. E assim andamos nós como num barco que baila ao som das marés,, fitando o horizonte , vertendo lágrimas umas vezes, outras "sorrindo sorrisos vermelhos a vida é como as marés...umas vezes alta...outras baixa e nós temos de seguir em frente, tentando o equilíbrio entre o "azul de mar e céu " e o cinza da tempestade". Obrigada, amiga por este belo momento de poesia. É sempre um gosto vir aqui. Beijinhos e um bom fim de semana
    Emília

    ResponderEliminar
  40. A todos/as o meu abraço!
    Desejo-vos um belo Domingo! Esperemos que o sol brilhe!
    Beijos.
    Maria Emília

    ResponderEliminar